Universidade de Sidney, Austrália

Universidade de Sidney se prepara para a era digital com 340 canais do sistema ULX-D Digital Sem Fio da Shure.

A segunda maior universidade da Austrália conta com eficiência Spectrum, ampla área de controle de rede e monitoramento remoto com 340 canais o sistema ULX-D Digital Sem Fio da Shure.

“É a simplicidade do design, a maneira em que os transmissores são ligados e desligados. Temos uma variedade de usuários, de estudantes a professores, que podem ou não ser tecnicamente competentes." Jason Wheatley, Gerente de Aprendizagem Interativa na Universidade de Sidney

Conforme o relógio se aproxima do dia 01 de janeiro de 2016, também se aproxima a data para a maioria dos aparelhos de áudio sem fio abandonarem seu espectro à luz da reestruturação digital naquele momento a caminho na Austrália – a Universidade de Sydney detalhou sua estratégia de saída com a Shure e o integrador Rutledge AV. Por ser uma grande usuária de aparelhos RF no ensino e em espaços para performances, a Universidade enfrentou a enorme tarefa de substituir cada aparelho de microfone sem fio, que em breve cairá de uso e se tornará ilegal.

 

Necessidades

“Para uma universidade do nosso tamanho, as mudanças do governo sobre a regulamentação de frequências são muito significativas” disse Jason Wheatley, Gerente de Aprendizagem Interativa da University de Sydney. “Quando você adiciona a mão de obra, se torna uma proposta de um milhão de dólares. É um grande investimento, um dos quais cuidadosamente consideramos as opções por um longo período de tempo.”

Não apenas Jason e a equipe tiveram que substituir seus equipamentos existentes, mas também havia o fator em novas construções tais como o recém inaugurado Centro Charles Perkins, um espaço de pesquisa colaborativa e local de ensino dedicado à redução do impacto da obesidade, diabete e doenças cardiovasculares.

“Esta foi uma oportunidade e desafio para testar o que havia no Mercado” continuou Jason. “Os novos microfones teriam que conviver em um ambiente novo e mais cheio de espectro sem fio. Nós queríamos ter certeza de que o equipamento que escolhemos possuía a flexibilidade de ser movido para outra área do espectro caso houvesse algum problema e tivesse canais disponíveis suficientes para realizar alterações caso necessário.”

 

Solução

Após uma longa avaliação e processos de teste, a Universidade investiu em 340 canais do sistema sem fio Shure ULX-D Digital. “Optamos pelo ULX-D principalmente em razão de sua flexibilidade no ambiente RF”, Jason explicou. “Sentimos que alguns aspectos do das mudanças ainda são desconhecidas e nossas aplicações são bem críticas em espaços maiores. Também queríamos as características de rede. Elas nos dão capacidade de monitoramento e comunicação. Temos uma pequena equipe e uma grande universidade; onde pudermos, buscamos sistemas de controle remoto ao invés de ser dependente de ir a um local para consertar algo.

 

Resultados

Também houve as considerações do consumidor final, que foram destacadas durante um período de testes. Enquanto alguns produtos concorrentes se mostraram confusos em se operar, ambos os transmissores de mão e o bodypack ULX-D se destacaram. “É a simplicidade do design, o modo de ligar e desligar” esclareceu Jason. “Temos uma variedade de usuários, desde estudantes até professores, que podem ou não ser tecnicamente competentes. Também gostamos do fato de que você pode remover as baterias recarregáveis planas e substituí-las por baterias alcalinas novas e continuar o show na estrada. Não havíamos ido com um Sistema recarregável anteriormente e queríamos um segundo plano caso alguém esquecesse de recolocar os transmissores de volta no carregador.”

Assim como muitos usuários sem fio, Jason está cansado de ver as unidades antigas irem embora. “Por muito tempo tivemos uma associação com os microfones da Shure na Universidade. O velho Sistema ULX estava prestando um bom serviço, e é triste retirá-lo uma vez que ainda está funcionando! Foram peças robustas e confiáveis do kit por muitos anos de serviço.”

Cases