T-MOBILE FLASH MOB: 160 CANAIS DE MICROFONES SEM FIO SHURE

“Nós decidimos utilizar o kit UHF-R da Shure por oferecer o melhor no que existe atualmente em tecnologia de microfones de rádio e faixas de frequência necessárias para realizar este trabalho. ” Tarkan Akdam, Gerente Técnico na Hand Held Audio

Londres, Reino Unido, 8 de maio de 2009 – Hand Held Audio Ltd, uma empresa líder em contratação de áudio profissional, forneceu 160 canais dos microfones UHF-R sem fio da Shure for para o comercial mais recente de T Mobile flash-mob. O evento tipo karaokê foi o primeiro e maior evento RF do mundo já gravado, tendo sido totalmente promovido pela Shure Distribution do Reino Unido (SDUK).

Lideradas pela estrela de pop/pock Pink, mais de 13,000 pessoas se juntaram na Trafalgar Square em Londres para cantar hits incluindo ‘Hey Jude’ e ‘Is This The Way to Amarillo?’ Foram fornecidos 160 microfones Shure aos membros do público, incluindo os modelos Beta 58 e SM58, cada um transmitindo em canais RF independentes. As gravações do evento serão utilizadas para produzir uma série de comerciais de televisão para o T-Mobile.

 

NECESSIDADES

Hand Held Audio foi responsável por dispor a tecnologia sem fio para o evento e determinou que 160 canais sem fio foram necessários para cumprir o projeto desenvolvido. Com tamanho desafio nas mãos, HHA convocou SDUK para assistir durante o planejamento e fornecer suporte adicional local durante o evento. O plano final de frequência consistia de 162 canais (dois extras para Pink) ocupando 518Mhz a 865Mhz. Cada microfone precisaria de seu próprio canal independente, todos tendo que funcionar lado a lado simultaneamente no dia. Fornecer cobertura para toda a Trafalgar Square, medindo 100m por 60m, foi um desafio significante. O ambiente de RF sobrecarregado da Londres Central e a possível intermodulação entre frequências também fizeram parte do problema de isolar as frequências com sucesso.

 

SOLUÇÃO

Tarkan Akdam, Gerente Técnico na Hand Held Audio comenta, “Nós decidimos utilizar o kit UHF-R da Shure por oferecer o melhor no que existe atualmente em tecnologia de microfones de rádio e faixas de frequência necessárias para realizar este trabalho. O sistema de antena, desenvolvido para alimentar os 80 receptores dual, teve que ter um ganho suficiente para fornecer níveis de cobertura mas intermodulação e interferência RF não causariam tantos problemas. Foi uma questão de conseguir o equilíbrio certo. Optamos por um sistema de antena four way, com banda larga passiva da Shure (PA805SWB). Eu desenvolvi e montei um sistema de banda larga four way, sistema headamp de RF de alto ganho e baixo ruído tudo interconectado com mais de 400 metros de cabo blindado (shielded) Triax.” Isso garantiu que as informações de voz de cada microfone fossem captadas, minimizando a interferência de outros canais RF. Um Segundo par de antenas active wideband da Shure foi instalado no caminhão de transmissão no palco da Pink, para garantir cobertura ao seu microfone. Para distribuir o sinal RF corretamente, Tarkan optou por 21 unidades de distribuição da antena UA845.

 

RESULTADOS

Antes do evento, diversos testes de força foram conduzidos a fim de checar a interferência e garantir que todos os 161 canais funcionariam lado a lado. Akdam comenta “Inicialmente fizemos testes com 40 canais e no dia anterior ao evento, tínhamos os 160 funcionando todos juntos. A tarefa foi incrivelmente difícil, mas no dia tudo ocorreu sem entraves e ficamos muito felizes com o resultado. Os microfones Shure e o equipamento UHF-R funcionaram de maneira espetacular, com as vozes dos cantores reproduzidas sem interrupções aos receptores. Em termos de tamanho, acreditamos que este tenha sido o primeiro no mundo em termos de RF."

Akdam adiciona “Eventos desta natureza requerem recursos e ter coisas para se preocupar é sempre uma grande ajuda. Tuomo Tolonen de SDUK me informou que eu possuía o total suporte da Shure, o que me deixou muito mais confiante de que conseguiríamos alcançar o que estávamos dispostos a fazer. Utilizar o conhecimento dos engenheiros de aplicação, me colocou em uma posição mais confortável para superar barreiras técnicas.”

Cases